inflação.org

medindo o desastre da inflação brasileira depois de 1994.

O IPCA

O IPCA é, como todos os outros "índices de preço ao consumidor", um índice de custo de vida e, como tal, sofre de todos os problemas dos índices de custo de vida.

Há, porém, um outro, gravíssimo problema: a cesta de bens usada para o cálculo do IPCA tem pesos móveis. As razões para o uso dos pesos móveis ainda me são desconhecidas. O fato é que pouquíssimas explicações encontradas em informativos, imprensa ou articos de revistas acadêmicas fazem menção aos pesos móveis usados no cálculo do IPCA, e a explicação para a escolha desta forma de cálculo são inexistentes ou estão muito bem escondidas.

O que acontece é que a cesta de bens usada no IPCA parte dos resultados da POF mais recente, mas a partir daí ela muda, todo mês, segundo a seguinte fórmula:

o que significa que cada vez que um item sobe de preço mais do que a média geral da cesta o peso dele aumenta (segundo este artigo, p. 32, a idéia é que as quantidades consumidas permanecem e, como o preço do item subiu, seu peso naturalmente sobe também, mas esta explicação tem falhas).